Quer saber mais? Mande um E-MAIL AQUI

Epidemiologia

Possui 3 picos de incidência:

- Neonatal, por influencia dos hormônios maternos (1,2)
- Adolescência, por desequilibrio hipofisário, adrenal e tentacular.(1,2)
- Andropausa, por que da produção de testosterona, aumento da conversão em estrogênio devido ao aumento do acúmulo de gordura corporal (aromatase do tecido adiposo)(1,2)

- 65% dos pacientes com ginecomastia estão na faixa de 14/15 anos (3)
- 7,5% persiste após os 17 anos de idade (3)
- consiste em 10 % de todas cirurgias plásticas realizadas em homens (EUA) (4)
- consiste em 18% das cirurgias realizadas em pacientes entre 13 e 19 anos (4)

Referência Bibliográfica:
1) Ferreira LM. Guia de Cirurgia Plástica. 1a ed. Schor N, editor da série. Barueri: Manole 2007. 589p.
2) Vilar L. Endocrinologia Clínica. 4a ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2009. 543p.
3) Braunstein GD. Gynecomastia. N Engl J Med 1993, Feb 18;328(7):490-5
4) http://www.plasticsurgery.org/News-and-Resources/2011-Statistics-.html. Accessed 2 December 2012.